(14) 99747-9250

NO AR

Máquina do Tempo

Com Paulo Mai

Brasil

Vacina da dengue não é resposta imediata para epidemia

Publicada em 05/02/24 às 13:15h - 8 visualizações

por Rádio Itaipu de Ourinhos Ltda - FM


Compartilhe
 

Link da Notícia:

 (Foto: Rádio Itaipu de Ourinhos Ltda - FM)
A ministra da Saúde, Nísia Trindade, afirma que, apesar de a vacina ser fundamental no combate à dengue, o imunizante não é uma resposta imediata para o atual cenário de epidemia da doença no país, já que o intervalo das doses é de três meses.  A afirmação foi feita, nesta segunda-feira (5), durante a inauguração do primeiro polo municipal de atendimento para pacientes com dengue, em Curicica, na Zona Oeste do Rio. 

Só neste ano, o município do Rio já registrou mais de 11 mil casos de dengue. O número representa a metade dos infectados em todo o ano passado. A Zona Oeste é a região que registra as maiores taxas de incidência da doença.

A Prefeitura do Rio de Janeiro decretou estado de emergência por causa do aumento nas internações. O decreto foi assinado por Eduardo Paes e publicado no Diário Oficial do município. 

O Brasil possui 262.247 casos prováveis de dengue, segundo o Ministério da Saúde. Lembrando que ela provoca dores de cabeça intensas, dores musculares e articulares fortes, manchas avermelhadas pelo corpo e febre alta.










.

LIGUE E PARTICIPE

(14) 3322-5656

Copyright (c) 2024 - Rádio Itaipu FM de Ourinhos - Rua José Galvão, 359 CEP 19900-260 Ourinhos/SP Telefone (14) 3322 2997 Email: itaipu@radioitaipufm.com.br
Converse conosco pelo Whatsapp!